Destaque PrincipalNotíciasRestaurantes

Parabéns duplo

Da Roça para o Centro, esse é o tema do novo menu lançado por Jefferson Rueda da A Casa do Porco


Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/themes/jannah/framework/functions/media-functions.php on line 302

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/themes/jannah/framework/functions/media-functions.php on line 302

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/themes/jannah/framework/functions/media-functions.php on line 309

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/themes/jannah/framework/functions/media-functions.php on line 309

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/themes/jannah/framework/functions/media-functions.php on line 315

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/themes/jannah/framework/functions/media-functions.php on line 315

26 de julho é aniversário de Jefferson Rueda, um dos melhores chefs da atualidade, não só do Brasil. Rueda hoje tem prestigio mundial e o seu trabalho com orgânicos, pequenos produtores e de sustentabilidade merece todos os aplausos. Mas o nosso parabéns vai também para os novos menus da A Casa do Porco “Da Roça para o Centro”. Esse é o tema do novo menu lançado por Jefferson Rueda da A Casa do Porco. Na verdade são dois cardápios, um completamente vegetariano e espelhado com o que contém proteínas. Assim como um maestro Jefferson Rueda comanda uma equipe afiada, que não desafina e faz o comensal sair feliz de uma cozinha que conforta e alimenta em grande estilo. Ao seu lado, como uma verdadeira violinista ditando o ritmo está Janaína Rueda, irrequieta e incansável, que também coloca a mão na massa, e ainda prepara licores, fermentados de jabuticaba e de outras frutas.

     

    A maior parte dos ingredientes que compõem as novas degustações, com ou sem porco, vêm de São José do Rio Pardo, no interior de São Paulo, do Sítio Rueda, e de outras propriedades locais. “A proposta é fazer um passeio contemplativo pelos sabores da natureza, com verduras, legumes e frutas sazonais”, explica Janaina.“ Tudo em pratos que mostrem a sensibilidade e a criatividade do Jefferson”.

    Continua após o anúncio

    Os menus estão divididos em cinco seções: criar, plantar, colher, cozinhar e adoçar. Mas vale lembrar que clássicos como o sushi de papada e o torresmo de pancetta com goiabada (na versão vegetariana ganharam versões com cogumelo e queijo coalho), continuam brilhando. As apresentações dos dois menus são idênticas e a semelhança de sabores é incrível. Um carnívoro vai se agradar facilmente com os sabores do vegetariano, como com o tartar de nabo, com o embutido de berinjela ou com o milanesa de cogumelo Portobello. E, se você é desses que torcem o nariz para menus longos, esqueça e se entregue. Além do ritmo da cozinha funcionar como um relógio, os sabores vão crescendo, se completando e deixando saciar calmamente. Acredite, será uma de suas melhores refeições.

    O festejado e delicioso Porco San Zé, agora vem acompanhado pelo que a natureza oferecer na semana. Já as sobremesas são também assinadas pela chef-pâtissière Priscilla Mei. Caso da “pamonha, pamonha, pamonha”, uma composição de frutas da época com mel de cacau e sorbet. Abaixo os menus completos:

    DA ROÇA PARA O CENTRO

    Criar: fazer existir; dar origem a partir do nada

    • Curados da horta + caldo de presunto cru

    Plantar: semear e afagar a terra

    • Tartar de porco + tutano + cogumelo
    • Maçã verde + maionese caipira + crocante
    • Codeguim + berinjela + manjericão
    • Sushi de papada + tucupi negro + nori + ameixa em conserva
    • Torresmo de pancetta + goiabada + picles de cebola roxa

    Colher: os presentes da terra

    • Couve e flores + consome de pé de porco
    • Milanesa de porco + molho cítrico
    • Capeletti de porco assado + caldo de cabeça de porco + queijo Pedra Branca

    Cozinhar: transformar o alimento através de um ato de amor

    • Porco San Zé (da nossa criação): porco caipira assado entre 6 a 8 horas + lingüiça caipira + o que veio da nossa horta

    Adoçar: ser feliz

    • Frutas da horta + mel de cacau + sorbet de limão
    • Pamonha, pamonha, pamonha (do jeito nosso)

    VEGETARIANO

    Criar: fazer existir; dar origem a partir do nada

    • Curados da horta + caldo de
      vegetais

    Plantar: semear e afagar a terra

    • Tartar de nabo + cogumelos + brotos e flores
    • Maçã verde + maionese caipira + crocante de pão
    • Embutido de berinjela + caponata + manjericão
    • Sushi de cogumelo Titãs + tucupi negro + nori
    • Torresmo de queijo + goiabada + picles de cebola roxa

    Colher: os presentes da terra

    • Couve e flores + consome de vegetais
    • Milanesa de Portobello + molho cítrico
    • Capeletti de abobora + cogumelo + queijo Pedra Branca

    Cozinhar: transformar o alimento através de um ato de amor

    • Nhoque de batata doce + o que veio da nossa horta

    Adoçar: ser feliz

    • Frutas da horta + mel de cacau + sorbet de limão
    • Pamonha, pamonha, pamonha (do jeito nosso)

     


     

    A Casa do Porco

    Rua Araújo 124, República – São
    Paulo (SP). Tel. (11) 3258-2578.
    Reservas pelo thefork.com.br
    acasadoporco.com.br
    @acasadoporcobar | @jeffim_rueda@janainarueda1

    Mostrar mais

    Prazeres da Mesa

    Lançada em 2003, a proposta da revista é saciar o apetite de todos os leitores que gostam de cozinhar, viajar e conhecer os segredos dos bons vinhos e de outras bebidas antecipando tendências e mostrando as novidades desse delicioso universo.

    Artigos relacionados

    Botão Voltar ao topo